Portal da Cidade Brumadinho

PREVINA-SE

O impacto da chegada do inverno na saúde ocular

O Papo de Especialista de hoje traz a Doutora Deborah Cardoso, médica, alertando sobre como o frio pode afetar sua saúde ocular. Leia:

Publicado em 28/05/2022 às 11:30
Atualizado em

(Foto: Divulgação )

A estação mais fria do ano se aproxima e com ela aparecem repercussões importantes na saúde dos olhos. O clima frio e a baixa umidade do ar aumentam a susceptibilidade aos fatores que desencadeiam doenças oculares, mais predominantes no inverno, devido à maior concentração de poluentes no ar e a diminuição da lubrificação natural dos olhos pela evaporação da camada aquosa da lágrima.

Diante desse fato, a saúde ocular merece uma atenção ainda mais especial!

Entre as doenças oculares que se intensificam no inverno estão a síndrome do olho seco, as conjuntivites e as alergias oculares. A síndrome do olho seco caracteriza-se pela diminuição da produção de lágrima ou deficiência de algum dos seus componentes, ou seja, está relacionada a pouca quantidade ou a má qualidade da lágrima. Esta síndrome pode estar associada a exposição a poluição, ao ar seco, a baixa umidade do ar e ao uso frequente de ar condicionado em locais fechados. Os sintomas são ardor ocular, vermelhidão, sensação de areia nos olhos, dificuldade de permanecer longos períodos em locais com ar condicionado, embaçamento visual ao final do dia, dificuldade de permanecer muito tempo em frente a tela de eletrônicos, lacrimejamento em excesso e/ou sensibilidade à luz. O tratamento, sempre prescrito pelo médico responsável, envolve uso de lubrificantes oculares, higiene ocular e em alguns casos, ingestão de antioxidantes como óleo de linhaça.


Outra doença que merece destaque são as conjuntivites! Locais pouco arejados e as condições do ar nesta época do ano contribuem para que as conjuntivites infecciosas e não infecciosas apareçam com mais frequência. As conjuntivites, de maneira geral, podem manifestar-se de três formas: alérgicas, virais ou bacterianas, sendo as mais comuns as alérgicas e virais. As conjuntivites alérgicas não são contagiosas! Acomete os dois olhos e tem tempo de duração variável. Já as conjuntivites virais são altamente contagiosas, se manifestam primeiramente em um dos olhos e posteriormente acomete os dois olhos, tendo duração média de 7 a 15 dias, podendo variar de acordo com a gravidade do quadro. Curiosamente, o vírus mais comum na conjuntivite viral é o Adenovírus, o mesmo causador da gripe - portanto, não é incomum a concomitância de um quadro gripal ou de baixa imunidade e um quadro de conjuntivite. Já a conjuntivite bacteriana, menos comum, pode exibir casos graves e que necessitam de tratamento com antibióticos tópicos. De maneira geral as conjuntivites podem se manifestar com coceira nos olhos, vermelhidão, inchaço das pálpebras, lacrimejamento, dificuldade de abrir os olhos pela manhã, presença de secreção nos olhos e sensação de areia nos olhos.

Deborah Cardoso / Médica, especializanda em Oftalmologia pelo Instituto de Olhos Ciências Médicas de Minas Gerais

Previna-se

Entre as doenças oculares que se intensificam no inverno estão a síndrome do olho seco, as conjuntivites e as alergias oculares. Não descuide da sua saúde ocular. Previna-se contra os principais problemas oculares no inverno e não deixe de realizar exame oftalmológico completo anualmente!

Deborah Cardoso / Médica, especializanda em Oftalmologia pelo Instituto de Olhos Ciências Médicas de Minas Gerais

Sempre que perceber algum sintoma ocular, procure atendimento médico! E nunca se esqueça: higienize sempre as mãos com água e sabão, evite acúmulo de poeiras em casa, não compartilhe toalhas ou outros objetos pessoais que entram em contato com os olhos, mantenha o filtro do ar condicionado sempre limpo, não coce os olhos e se sintomas de conjuntivite, suspenda imediatamente o uso de lentes de contato!

Não descuide da sua saúde ocular, previna-se contra os principais problemas oculares no inverno e não deixe de realizar exame oftalmológico completo anualmente!


Doutora Deborah Cardoso
- Médica graduada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (2019), especializanda em Oftalmologia pelo Instituto de Olhos Ciências Médicas de Minas Gerais;

-  Atendimento em Belo Horizonte e Brumadinho;

-  Agendamento via WhatsApp: (31) 99640-9379;
- Instagram.

Fonte:

Receba as notícias de Brumadinho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário